Anterior

AUTORIDADE INTERNA

Autoridade significa tomar decisões alinhadas com sua harmonia interior e natureza. Esse processo é altamente individual, pois depende de você se sintonizar com seu próprio design e ouvir o que é certo para você. Às vezes, não há uma explicação lógica para uma escolha parecer correta, mas ao segui-la, você se sente realmente satisfeito. O maior desafio é afastar as preocupações e pensamentos do dia a dia do processo de tomada de decisão, pois eles nunca são a resposta.

Existem dois tipos de autoridades: a externa, que vem da mente, e a interna, que é seu verdadeiro guia e bússola de vida. A autoridade externa está ligada à mente, que é uma coleção de experiências e informações recebidas do mundo exterior. Por ser influenciada pelo ambiente e outras pessoas, a mente não representa seu verdadeiro Eu. Ela tenta convencê-lo de que deve tomar as decisões, mas isso nunca é o ideal. Decisões baseadas na mente levam ao Não-Eu. Devemos usar a autoridade externa apenas para encontrar sabedoria e beleza em nossas experiências e para comunicá-las aos outros.

A autoridade interna, por outro lado, não tem ligação com a mente. Ela é individual, pessoal e se comunica de forma específica com cada pessoa. Somos educados a acreditar que a mente é nossa autoridade interior, o que nos faz ignorar ou negar a verdadeira orientação que vem de dentro. Sintonizar e ouvir essa voz interna é desafiador, pois estamos constantemente inundados por pensamentos e preocupações diárias. Ignorar sua autoridade interna leva a decisões equivocadas. 

TIPOS DE AUTORIDADES INTERNAS

Os indivíduos da Autoridade Lunar têm um processo de tomada de decisão único, guiado pelos ciclos da Lua. Ao observar e refletir sobre suas experiências ao longo do tempo, eles podem obter clareza e percepção sobre suas escolhas. Essa abordagem lenta e contemplativa os ajuda a cultivar uma conexão profunda com sua sabedoria interior e a tomar decisões que se alinham com seu eu autêntico.

Os Projetores Mentais contam com sua capacidade intelectual e perspectivas externas para tomar decisões. Ao se envolver em conversas e buscar feedback de outras pessoas, eles podem obter informações valiosas e refinar sua compreensão. Esse processo de externalização permite que eles façam escolhas informadas e alinhadas com seu maior potencial.

Indivíduos com Autoridade Ego projetada têm seu processo de tomada de decisão guiado pelo Centro do Coração/Vontade, que está conectado ao Centro da Garganta. Esses indivíduos possuem um forte senso de força de vontade pessoal e autoconfiança, o que os leva a projetar seus desejos e objetivos nos outros. Frequentemente, buscam reconhecimento e validação daqueles que os cercam, usando sua capacidade de projetar sua energia e influência para criar um senso de autoridade e controle. Seu processo de tomada de decisão envolve a busca de opiniões e perspectivas de outras pessoas para validar seus próprios desejos, e muitas vezes se sentem atraídos por papéis de liderança. É importante que aqueles com autoridade projetada pelo ego estejam cientes de sua necessidade de validação e cultivem um senso de autoconfiança e valor próprio que não dependa de validação externa.

Indivíduos com Autoridade Autoprojetada são guiados por seu senso único de identidade e sua capacidade de expressar seus pensamentos, sentimentos e desejos. Seu processo de tomada de decisão envolve compartilhar seu mundo interior com os outros e confiar no feedback que recebem. Ao honrar sua verdade pessoal e permanecer conectado à sua voz autêntica, eles podem fazer escolhas que apoiem seu crescimento e autoexpressão.

Indivíduos com Autoridade Manifestada no Ego têm seu processo de tomada de decisão guiado pelo Centro do Coração/Vontade, que está conectado ao Centro da Garganta. Esses indivíduos possuem um forte senso de valor pessoal e determinação, que direciona suas escolhas e ações. Suas decisões geralmente são baseadas em sua capacidade de avaliar se podem se comprometer com um determinado curso de ação ou não e se esse compromisso está alinhado com seus objetivos e valores. Concentrando-se nos desejos de seu coração, compreendendo suas capacidades e mantendo-se fiéis a seus compromissos, eles podem criar uma vida plena que reflita seu eu autêntico. É essencial que aqueles com Autoridade Manifestada pelo Ego estejam cientes de seus níveis de energia e evitem se comprometer demais, pois isso pode levar ao esgotamento ou promessas não cumpridas.

Aqueles com autoridade esplênica têm uma consciência intuitiva inata que orienta seu processo de tomada de decisão. A intuição deles geralmente se apresenta como um senso de conhecimento sutil e instantâneo. Ao confiar e agir de acordo com esses estímulos intuitivos, eles podem fazer escolhas que atendam ao seu bem maior e mantenham seu bem-estar.

Indivíduos com Autoridade Sacral têm um poderoso instinto que direciona suas decisões. À medida que respondem às questões e situações da vida com um “sim” ou “não” visceral, eles são capazes de navegar por suas experiências com facilidade. Confiar e honrar suas respostas sagradas os ajuda a ficar em sintonia com seus desejos e necessidades autênticos.

Indivíduos com Autoridade do Plexo Solar são guiados por sua inteligência emocional e intuição. Seu processo de tomada de decisão envolve aproveitar a onda de emoções para obter clareza e percepção. Ao abraçar a paciência e permitir que suas emoções fluam e refluam, eles podem acessar sua sabedoria inata e fazer escolhas que se alinham com seu verdadeiro eu.

You cannot copy content of this page